Turismo muda de mãos

Adolfo Mesquita Nunes é o novo secretário de Estado

 

A Secretaria de Estado do Turismo foi entregue ao deputado do CDS-PP Adolfo Mesquita Nunes, que a partir desta sexta-feira vai assumir o cargo até agora ocupado por Cecília Meireles.

O seu currículo político não regista qualquer experiência no sector do Turismo. Em reacção a esta nomeação o DIÁRIO ouviu um colega de partido e de bancada parlamentar, o madeirense Rui Barreto, e um profissional do sector regional, Manuel Duarte, presidente da Mesa da Secção de Hotelaria da ACIF-CCIM.

Visão liberal

Para Rui Barreto, o próximo secretário de Estado "é um excelente deputado do CDS, muito profissional, intuitivo". E acrescenta: "Julgo que exercerá competentemente a função de secretário de Estado do Turismo. Tem uma visão liberal da economia e isso ajudará, com certeza, a dinamizar o sector e a apoiar o turismo de Portugal. A Cecília Meireles também não tinha grande experiência no sector, por isso julgo que isso é uma mais-valia se for conjugado com uma grande intuição política. O Adolfo, com as características que referi, rapidamente entrará nesses dossiers, obviamente com a ajuda e o apoio técnico, exercerá bem a função, que é mais de exercício político do que técnico."

Surpreendido

Quanto a Manuel Duarte, é uma completa surpresa. "Não sei o que vai na cabeça do Governo Central", reage. "É uma substituição que apanhou-me completamente desprevenido. Não sei se é melhor ou pior, se tem a ver com a mudança de estratégias. Mas se for para valorizar o Turismo, seja bem-vindo". Mas deixa claro: "Não pondo em causa a ainda secretária do Turismo, a minha opinião é que era uma pessoa que não vinha do sector, que lhe exigiu um esforço suplementar e maior para corresponder às expectativas. Parece-me que o novo também não vem, por isso deixa-me algumas dúvidas. Acho que isto deve ser entregue a quem entende, já que 'ninguém dá cirurgias a sapateiros, mas sim a cirurgiões'. Com o devido respeito, acho que o Turismo é uma indústria com uma dimensão muito grande que exige olhar para a mesma com olhos mais cuidados, ou seja, pôr as pessoas certas nos lugares certos. Sem pôr nada em causa, espero que faça um bom trabalho e, se precisar da Madeira, estamos cá."

Mesquita Nunes chega à Secretaria de Estado do Turismo com dossiers por concluir. Cecília Meireles tinha em curso a revisão a Lei das Regiões de Turismo e da revisão do PENT.

  
+A A -A

Perfil

Adolfo Mesquita Nunes nasceu em Lisboa em 27 de Novembro de 1977. Aos 35 anos, é licenciado em Direito pela Universidade Católica e Mestre em Ciência  Política pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, foi Chefe de Gabinete do Ministro do Ambiente e Planeamento de Território no XVI Governo e assessor jurídico do Secretário de Estado da Segurança Social entre Setembro de 2003 e Julho de 2004.

 

Mesquita Nunes foi protagonista na votação pelo direito à adopção por casais de pessoas do mesmo sexo, em Fevereiro de 2012, por ter sido o único deputado do CDS a pronunciar-se favoravelmente.