EasyJet mantém rotas no Funchal e reforça medidas de segurança

A easyJet reforça a sua posição como companhia nacional em tempos de pandemia, mantendo activas as rotas de e para os quatro principais aeroportos: Lisboa, Porto, Faro e, claro,  Funchal.

Assim, para continuar a dar Portugal a conhecer ao mundo e a permitir aos portugueses voarem em segurança e a preços acessíveis, a companhia anunciou um reforço das menidas de segurbaça.

“Sabemos que nossos clientes sentiram falta de viajar para o exterior tanto quanto nós sentimos de levá-los até lá. É por isso que estamos muito satisfeitos em poder ajudar o maior número possível de pessoas a tirar férias bem merecidas neste verão, com tarifas e pacotes de férias com valores irresistíveis ainda disponíveis para aqueles que querem aproveitar até ao último minuto de sol do Verão este ano. É claro que a segurança e o bem-estar de nossos clientes e equipa continuam a ser a nossa maior prioridade. É por isso que implementamos uma série de medidas para aumentar a segurança em cada momento da viagem, desde desinfectar os aviões até exigir que os passageiros e a tripulação usem máscaras e, como o Verão é tão popular para as famílias que viajam connosco, a easyJet se uniu a um ilustrador de super-heróis para criar capas de máscara inspiradas em banda desenhada para ajudar a facilitar a experiência para crianças e pais".

NOVAS MEDIDAS:

LIMPEZA DOS AVIÕES:

Os procedimentos adicionais de limpeza e desinfeção para as cabines dos aviões estão no topo de uma programação diária de limpeza. Todos os aviões estarão sujeitos a um processo diário de desinfeção, que fornece proteção de superfície contra vírus por pelo menos 24 horas.

MEDIDAS A BORDO:

Todos os passageiros e tripulantes terão que usar máscaras a bordo o tempo todo. Para minimizar os movimentos da tripulação dentro da cabine e manter os mais altos níveis de higiene possíveis, o serviço Bistro e Boutique não estará disponível. Além disso, todos os voos serão abastecidos com equipamento sanitário extra, incluindo máscaras, luvas e desinfetante para as mãos, para garantir que estejam sempre disponíveis aos clientes e à tripulação a bordo, se necessário. Os aviões da easyJet já estão equipados com tecnologia de filtragem de ar, utilizando filtros de detenção de partículas de alta eficiência ou filtros HEPA, com a capacidade de capturar 99,97% de contaminantes transportados pelo ar, como vírus e bactérias. Estes filtros são os mesmos que se utilizam em hospitais e através deles o ar na cabine é constantemente filtrado e substituído sendo ar fresco introduzido na cabine a cada 3-4 minutos.

MEDIDAS AEROPORTUÁRIAS:

Para proteger os clientes e a tripulação de terra no aeroporto, os clientes podem utilizar os balcões automáticos de entrega de bagagem para fazer o check-in da sua bagagem de porão e serão instalados monitores nos balcões de check-in dos aeroportos onde a entrega automática de malas não está disponível. As tripulações de bordo e de terra não manusearão nenhum documento do cliente durante o processo de embarque; portanto, os passageiros deverão apresentar e digitalizar os seus próprios documentos. A easyJet já incentiva todos os clientes a fazer o check-in on-line e a fazer o download do seu cartão de embarque no smartphone ou a imprimi-lo antes de chegar ao aeroporto. A equipa de terra também usará luvas e máscaras o tempo todo ao transportar a bagagem do cliente de e para a avião.

Outras recomendações para aeroportos indicam que também pode haver medidas locais implementadas nos aeroportos, como a utilização obrigatória de máscaras, formulários de auto-declaração sanitária a serem preenchidos antes da partida e o controlo da temperatura.

DISTANCIAMENTO SOCIAL:

Os clientes poderão pôr em prática medidas de distanciamento social nas portas de embarque e durante o processo de embarque. A bordo, e sempre que possível, a tripulação convidará os passageiros a distanciarem-se dos que não pertençam ao seu grupo de viagem dependendo da disponibilidade de assentos.

A easyJet garante ainda que "continuará a trabalhar com todas as autoridades nacionais relevantes para avaliar, rever e adaptar medidas necessárias a longo prazo".

 

+A A -A