Turismo mundial aumentou 4% em 2012 e deverá crescer entre 3 a 4% este ano

Europa, a região mais visitada do mundo, cresceu 3%

A Organização Mundial de Turismo (OMT) anunciou que o turismo internacional aumentou 4% em 2012 face ao ano anterior e que o crescimento em 2013 deverá ser ligeiramente inferior, entre 3% e 4%.        

Segundo o último barómetro difundido hoje pela OMT em Madrid, o número de turistas internacionais foi de 1.053 milhões em 2012 e as economias emergentes, com um aumento de 4,1%, voltaram a ficar à frente das desenvolvidas, que apenas cresceram 3,6%. A região Ásia e Pacífico foi a que maior subida registou no ano passado, com um crescimento de 7%, indica o barómetro da OMT, que tem sede em Madrid.

O secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, explicou numa conferência de imprensa que todas as regiões, com excepção do Médio Oriente -- que diminuiu  5% devido à instabilidade politica -- registaram um comportamento positivo durante 2012, incluindo África, que recuperou da diminuição de 1% verificada em 2011, em parte devido às revoltas populares no norte do continente e acabou 2012 com uma subida de 6%.

Com mais 39 milhões de turistas internacionais do que em 2011, o sector rompeu no ano passado pela primeira vez na história a barreira dos mil milhões de turistas, apesar da instabilidade económica constante em todo o mundo e especialmente na zona euro, sublinhou Rifai.   

De facto, a Europa, a região mais visitada do mundo com mais de metade das chegadas mundiais, recebeu mais 17 milhões de turistas, ou seja mais 3% que em 2011.   

Segundo a OMT, a Europa deverá manter o crescimento em 2013, mas a um ritmo mais modesto, entre 2% e 3%.

Rifai considerou hoje que o sector do turismo voltou a demonstrar que tem capacidade de adaptação às condições variáveis do mercado e que por isso é um pilar que os governos de todo o mundo deveriam apoiar já que faz parte da solução para estimular o crescimento económico.   

 
 

+A A -A