preprocess Turismo de Portugal lança site de avaliações Clean&Safe | turismo.dnoticias.pt

Turismo de Portugal lança site de avaliações Clean&Safe

O Turismo de Portugal lançou hoje o 'site' Clean&Safe, onde será possível deixar avaliações sobre os empreendimentos turísticos que visitam, numa altura em que o selo com o mesmo nome conta já com 17 mil aderentes.

O selo Clean&Safe, lançado pelo Turismo de Portugal há dois meses para reconhecer as empresas que cumpram as orientações sanitárias para evitar a contaminação dos espaços com a covid-19 será alargado brevemente aos subsetores dos eventos e congressos e recintos de espetáculos e também às termas.

Em declarações à agência Lusa, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, valorizou o sucesso da iniciativa, que conduziu recentemente à atribuição a Portugal do selo Safe Travel por parte do conselho mundial de viagens e turismo (WTTC), pela função de "instigar confiança".

Para Rita Marques, o selo garante, por um lado, que todos os subsetores do turismo têm um protocolo de segurança sanitária em vigor e que as regras são conhecidas por todos, instigando confiança no turista, e por outro permite dar formação a todos os trabalhadores.

"Neste momento, já são mais de 20 mil pessoas que tiveram formação nestes protocolos de segurança sanitária. Tem sido um sucesso", disse, referindo que este é "o maior embaixador" do turismo português porque as empresas fazem um esforço por cumprir as melhores práticas de segurança sanitária e o consumidor, ao ver o selo, conclui que está mais seguro.

No âmbito deste protocolo, o Turismo de Portugal realiza auditorias aleatórias, tendo até ao momento identificado três situações nas quais o selo foi retirado "porque foi considerado que não estava a ser cumprido o protocolo", disse.

Em paralelo, segundo Rita Marques, as avaliações que resultarão do 'feedback' dos clientes no novo 'site' (portugalcleanandsafe.com), e que já contabilizou mais de 8 mil acessos em apenas duas semanas de funcionamento, também poderão dar origem a auditorias.

"Na plataforma ainda não tivemos registo de nenhuma situação atípica que suscitasse uma auditoria. No entanto, está previsto justamente que os clientes avaliem os espaços e pontuem com verde, vermelho ou amarelo o espaço. Com três vermelhos é imediatamente disparada a necessidade de uma auditoria. Se houver muitos amarelos, naturalmente, também teremos de fazer o mesmo", explicou.

"O sistema de avaliação delineado é claramente robusto", acrescentou.

De adesão gratuita, o selo Clean & Safe mantém-se válido até 30 de abril de 2021.

 
+A A -A