Alojamento turístico nacional continua com crescimentos

Em Novembro, as dormidas aumentaram 7,2% e os proveitos cresceram 10,2%
Foto Shutterstock

"O sector do alojamento turístico em Portugal registou 1,8 milhões de hóspedes e 4,1 milhões de dormidas em Novembro de 2019, correspondendo a variações de +12,5% e +7,2%, respetivamente (+5,2% e +1,8% em outubro, pela mesma ordem). As dormidas de residentes cresceram 14,1% (-0,8% em Outubro) e as de não residentes aumentaram 4,2% (+2,6% no mês anterior)", anuncia o INE, na actualização das estatísticas do turismo, divulgadas esta manhã.

Acrescenta: "Em Novembro de 2019, a estada média (2,32 noites) reduziu-se 4,7% (-1,0% no caso dos residentes e -5,6% no de não residentes). A taxa líquida de ocupação (35,2%) aumentou 0,2 p.p. (-1,3 p.p. em Outubro). Os proveitos totais aumentaram 10,2% (+5,8% em outubro), atingindo 229,6 milhões de euros. Os proveitos de aposento fixaram-se em 164,8 milhões de euros crescendo 9,3% (+6,5% no mês anterior). O rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) aumentou 2,7% para 32,0 euros (+1,9% no mês anterior). O rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 71,0 euros aumentando 1,4% (+2,5% no mês anterior."

Na prática, apenas a estada média diminuiu ligeiramente, continuando o sector do turismo nacional com crescimentos assinaláveis, e que muito provavelmente terão continuado no mês de Dezembro, dados esses que só serão conhecidos em meados de Fevereiro de 2020.

+A A -A