Madeira está no top dos destinos da HomeAway

A HomeAway, plataforma especialista em alojamentos para férias, coloca a Madeira como um dos destinos atractivos no mercado do Alojamento Local, tendo registado, em 2018, um crescimento de cerca de 25% na procura das estadias por parte de turistas nacionais, sendo a 4.ª zona turística portuguesa mais procurada no portal por turistas estrangeiros, logo a seguir a Faro, Grande Lisboa e Porto.

Parceira da Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP), e do Turismo de Portugal para a realização de um encontro exclusivo para profissionais imobiliários com o tema ‘O Futuro do Alojamento Local na Madeira’, este sábado, no Funchal, a HomeAway procura facilitar as melhores práticas e ferramentas que visam a promoção e a visibilidade das propriedades, assim como os rendimentos dos seus proprietários, destacando o facto de o Funchal ocupar a 7.ª posição do ranking das cidades mais procuradas pelos turistas estrangeiros que viajam para Portugal.

Os dados desta plataforma apontam para uma taxa de ocupação, no mês de Agosto, na ordem dos 75% divididos por três concelhos: Arco de Calheta (78%); Porto Moniz (79%) e Porto Santo (88%).

Segundo Sofia Dias, Responsável de Comunicação para Portugal da HomeAway , a Madeira é um “ícone do turismo português cujo dinamismo é indiscutível e o alojamento local contribui à sua atratividade, permitindo às famílias e grupos de amigos em Portugal, e não só, de ficar alojado”, acrescentando ainda que face à procura tão elevada por parte dos turistas, os proprietários da ilha “ainda estão a temp, para disponibilizar o seu alojamento, seja residência principal ou secundária, para receber os turistas no próximo verão”.

Este entusiasmo com a Madeira por parte dos turistas representa “uma oportunidade para os proprietários de Alojamento Local no arquipélago da Madeira”, refere. Segundo as estimativas do Portal HomeAway, o rendimento potencial médio para um alojamento na Madeira disponibilizado para turistas no verão (período de 21 de Junho a 21 de Setembro) ronda os 6265€, com um preço médio por noite de 91€.

+A A -A