TAP baptizou hoje o novo Airbus A321neo com o nome Zé Pedro

A TAP baptizou hoje o novo Airbus A321neo com o nome Zé Pedro, numa homenagem ao músico dos Xutos e Pontapés, e o presidente da companhia enalteceu “a atitude” do guitarrista para deixar uma mensagem aos trabalhadores. “Este foi um processo muito pensado. A TAP discutiu este processo internamente e chegou à conclusão de que não havia melhor homenagem a ser feita. E é única. (...) É o único avião com um nome de um ‘rockeiro’ que conhecemos e é um orgulho enorme para Portugal e para toda a TAP”, começou por explicar o presidente executivo (CEO), Antonoaldo Neves, na cerimónia de baptismo.  No Hangar 6 do Campus TAP, em Lisboa, o presidente executivo da TAP disse ainda, perante familiares e amigos de Zé Pedro, que morreu em 30 de Novembro de 2017, bem como de trabalhadores, que aprendeu “uma coisa incrível”, lendo, sobre o músico.  “Segundo li, a forma como começou os Xutos foi com um anúncio num jornal para contratar um baixista e um baterista. Pensem na atitude de um líder que faz um movimento, de há décadas, colocar um anúncio para começar uma banda. Como presidente da Comissão Executiva da TAP, a mensagem que gostaria de deixar a todos os portugueses e todos os trabalhadores é: com uma simples atitude podemos mudar o destino de um país, o destino de uma companhia aérea. É isso que, como líder que o Zé Pedro foi, nos ensinou”, afirmou.   Antes, também o presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, tinha sublinhado a importância para a companhia de se associar a esta homenagem ao icónico músico.  “(...) A TAP cumpre 73 anos de vida fantásticos e é natural que durante estes 73 anos tenhamos vivido momentos historicamente muito importantes. E este é um momento historicamente também muito importante, muito especial. Ao longo dos últimos anos a TAP tem vindo a percorrer um processo de transformação virtuoso, de crescimento, de novas rotas, novas aeronaves, e nesta fase nada melhor do que podermos contar com a energia positiva do Zé Pedro, que vai passar a estar eternamente connosco”, afirmou Miguel Frasquilho. O ‘chairman’ da TAP lembrou ainda que a TAP “tem vindo a contribuir para afirmar Portugal no mundo” e que quer “contribuir ainda mais”.  “Hoje com a ajuda do Zé Pedro damos mais um passo. Com esta aeronave, estou certo, o Zé Pedro já não será o único a olhar o céu (...)”, afirmou, fazendo alusão a uma música dos Xutos e Pontapés. Presentes na cerimónia, os músicos do Xutos e Pontapés, assim como a viúva de Zé Pedro, Cristina Avides Moreira, sublinharam a honra, e o apreço, que representa esta homenagem da TAP, tendo Tim, da banda, lembrado o quanto Zé Pedro “gostava de andar de avião”. O avião escolhido para receber o nome de Zé Pedro é um dos novos Airbus A321neo recentemente recebidos pela TAP, integrando a frota do médio curso da companhia. Esta homenagem acontece no ano em que os Xutos & Pontapés celebram 40 anos e lançam um novo álbum, o último em que o Zé Pedro participou, iniciando também uma digressão que conta com o apoio da TAP.
+A A -A