Governo lança programa Revive Natureza e dinamiza ecoturimo

O Governo vai lançar o programa Revive Natureza este mês para aproveitar infraestruturas como casas de abrigo, que possam ser usadas nas atividades turísticas, revelou a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho. 

A governante, que esteve ontem numa audição na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, no parlamento, a propósito de ecoturismo, adiantou que este novo programa Revive está a ser trabalhado em conjunto com os ministérios da Agricultura, Ambiente e Administração Interna, sendo este último por causa do possível aproveitamento das antigas casas de guardas-fiscais. 

"Vai ser criado através de um Decreto-Lei e já identificamos os imóveis em todo o país, vamos começar com um projeto-piloto depois de um levantamento" em articulação com as restantes autoridades. 

O programa Revive foi criado para a recuperação e valorização do património imobiliário público. 

Ana Mendes Godinho deu ainda conta de como se estão a desenrolar os esforços para tornar o turismo nacional mais sustentável. No âmbito do programa Valorizar há 34,4 milhões de euros aplicados em projetos de turismo na natureza, revelou a governante, que correspondem a 21 milhões de euros em incentivos. 

A secretária de Estado recordou ainda uma linha específica dentro dos apoios à qualificação da oferta, a linha de apoio à sustentabilidade ambiental no turismo, que financia até 40 mil euros por projeto a fundo perdido, com o objetivo de que 90% da oferta se adapte aos requisitos da oferta turística sustentável, do ponto de vista ambiental, até 2027.

"Estávamos num estado preocupante porque só 30% [da oferta] tinha sistemas de eficiência ambiental incorporados no seu ADN", salientou Ana Mendes Godinho. 

A secretária de Estado salientou ainda que o turismo de natureza é um segmento em crescimento acelerado na Europa e no mundo, com "22 milhões de viagens na Europa" e um crescimento de 21% nos últimos anos. 

Os principais mercados são a Holanda, Alemanha, Itália, França e Espanha. "40% dos alemães que vêm a Portugal são motivados pelo turismo de natureza", garantiu a governante, recordando que os itinerários para caminhadas estão já disponíveis no 'site' 'Portuguese Trails'.  

Ana Mendes Godinho deu ainda conta de um programa dedicado ao enoturismo em Portugal, que vai incluir uma missão a África do Sul, liderada pelo Turismo de Portugal, com todas as regiões nacionais.  

Respondendo a uma questão de um deputado, a secretária de Estado reconheceu ainda a necessidade de uma melhor regulação do autocaravanismo em Portugal, sobretudo em zonas protegidas, sobretudo através da criação de melhores infraestruturas de apoio. 

 

+A A -A