Empresas de congressos e eventos dizem que é momento de consolidar estratégias

O sétimo congresso da Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) arranca esta quarta-feira, nos Açores, e pretende "definir estratégias de consolidação" num momento económico "favorável".

De acordo com a nota preparatória da associação, é referido que "é nos momentos mais favoráveis para um setor de atividade económica que é mais importante refletir e definir estratégias de consolidação".

Nesse sentido, diz a entidade presidida por António Marques Vidal, o congresso que decorre na Horta, na ilha do Faial, pretende integrar debates "de temas considerados prioritários" para setores como o turismo ou os eventos em si, nomeadamente "a qualificação e certificação de destinos", a "modernização da gestão" ou a legislação laboral.

O 'marketing' digital como "ferramenta de promoção num mundo globalizado e ferozmente competitivo" e os "desafios da autorregulação", tanto na animação turística como no sector dos eventos e congressos, serão também áreas a debater pelos congressistas.

A sessão de abertura do evento, na quarta-feira, contará, entre outros, com a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e com a secretária regional dos Açores com a tutela do Turismo, Marta Guerreiro.

A sustentabilidade do destino Açores é um dos temas em destaque nos dois dias de trabalho, que levarão à ilha do Faial especialistas em legislação laboral, em jornalismo, transportes ou organização de eventos.

 

+A A -A