Grupo Belmond, dono do hotel Reid’s, vendido por 3,2 mil milhões de euros

Negócio com o grupo LVMH deve estar concluído em meados de 2019

O acordo foi confirmado esta sexta-feira e prevê uma transacção na casa dos 3,2 mil milhões de euros. O LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton vai comprar o grupo Belmond, num negócio que deverá estar concluído no primeiro semestre de 2019, após aprovação dos accionistas e das autoridades competentes.

De recordar que o grupo Belmond é detentor de 46 hotéis de luxo, onde se inclui o ‘Belmond Reid's Palace’, localizado na Estrada Monumental, no Funchal. O grupo que agora é adquirido foi fundado há cerca de 40 anos, com a aquisição do Hotel Cipriani, em Veneza. Desde então tem vindo a crescer e opera em 24 países, nomeadamente nos destinos considerados de luxo.

Além dos hotéis, o Belmond é ainda o dono de comboios como o Venice Simplon-Orient-Express e o Belmond Royal Scotsman, mas também de cruzeiros como o Belmond Afloat em França. Com este negócio, o LVMH vai aumentar a sua presença no mundo dos hotéis de luxo.

“Após uma revisão estratégica que atraiu um amplo e profundo interesse de uma ampla gama de empresas imobiliárias e de hospedagem, instituições soberanas e outros compradores financeiros no mundo, o Conselho concluiu que esta transacção com a LVMH fornece recursos convincentes e um determinado valor para os nossos accionistas, bem como um caminho emocionante para a frente com um grupo que aprecia os activos insubstituíveis do Belmond e a sua forte equipa administrativa”, referiu Roland Hernandez, presidente do conselho de administração do grupo Belmond.

Por seu lado, Bernard Arnault, presidente do LVMH, salienta o valor que a aquisição vai adicionar ao seu grupo. “O Belmond concede experiências únicas para viajantes exigentes e possui uma série de activos excepcionais nos mais desejáveis destinos. A sua herança, os seus serviços inovadores, a sua excelência em execução e o seu empreendedorismo ressoa bem com os valores do Grupo e é complementar ao nosso próprio ‘Cheval Blanc maisons’ e às actividades dos hotéis Bvlgari. Esta aquisição vai aumentar significativamente a presença do LVMH no mundo da hotelaria de luxo”, ressalvou.

 

+A A -A