Book Tours, Activities, Experiences and Things to do in Madeira and Porto Santo islands

Ryanair espera aumentar em 16% número de passageiros transportados em Portugal

A Ryanair, que inaugurou hoje em Lisboa a terceira base em Portugal, espera transportar este ano cinco milhões de passageiros, mais 16% face ao número de pessoas que viajaram com a companhia aérea através dos aeroportos portugueses em 2013.

“Estamos a crescer, o que é bom, e vamos seguramente continuar a crescer”, disse Kenny Jacobs, responsável pelo Marketing da companhia aérea ‘low cost’ [de baixo custo] em declarações à agência Lusa, no dia em que a Ryanair inaugurou a terceira base aérea portuguesa, depois do Porto e Faro.

A Ryanair está confiante no sucesso das operações a partir da base aérea de Lisboa, estimando que as 11 rotas que passam no total a operar a partir da capital possam gerar, anualmente, um fluxo de 900 mil passageiros, que suportarão cerca de 900 empregos neste aeroporto.

Aos destinos de Bruxelas, Frankfurt, Londres e Paris, a Ryanair passa assim, a partir de hoje, a efetuar ligações entre Lisboa e Dole e Marselha, em França, Manchester, no Reino Unido, Dublin, na Escócia e Piza, em Itália.

A companhia aérea irlandesa irá ainda efetuar 10 ligações semanais entre Lisboa e o Porto e 14 entre a capital e Faro.

Kenny Jacobs não quis detalhar o acordo negociado com a ANA para estar em Lisboa, limitando-se a dizer que foi “bom para ambas as partes” e que não teria sido possível antes.

O Governo concluiu o processo de privatização da ANA, empresa que gere os aeroportos de Lisboa, Faro, Porto, Madeira e Açores, em setembro do ano passado, vendendo-a aos franceses da Vinci por 3.080 milhões de euros.

Para o verão, a Ryanair preparou algumas novidades para os seus passageiros, entre as quais a possibilidade de transportar de uma segunda pequena bagagem de mão gratuita, um novo ‘site’ e programas vocacionados para as famílias e viagens de negócios.

+A A -A