Book Tours, Activities, Experiences and Things to do in Madeira and Porto Santo islands

Virgin Atlantic deixa de voar entre Hong Kong e Sydney

A Virgin Atlantic anunciou hoje  que vai deixar de efetuar a ligação entre Sydney e Hong Kong devido ao aumentos  dos custos de operação, deixando a British Airways como a única operadora  europeia a voar para a Austrália via Ásia.   

Craig Kreeger, administrador-executivo da empresa do milionário britânico  Richard Branson, explicou a decisão com o aumento dos custos e o ambiente  económico da região que afetaram a rentabilidade da empresa, num movimento  que vai também impulsionar as operações da Qantas e da Cathay Pacific, que  também operam aquela rota.   

"Apesar dos esforços dos nossos trabalhadores, fatores externos como  o aumento dos custos e um dólar australiano fraco afetaram a rentabilidade",  disse ao salientar que continuam os tempos difíceis para as companhias aéreas  e que para "operar de forma mais eficiente há que colocar os aviões nas  rotas com o nível certo de procura para serem viáveis financeiramente".  

O último voo a partir de Sydney para Hong Kong irá acontecer a 05 de  maio.   

A companhia vai, contudo, continuar a operar a rota entre Londres e  Hong Kong.   

O grupo Virgin de Richard Branson detém 51% da Virgin Atlantic enquanto  o milionário é ainda proprietário de parte do capital da Virgin Australia,  uma companhia fundada em 2000.   

 
+A A -A