Book Tours, Activities, Experiences and Things to do in Madeira and Porto Santo islands

Porto Moniz e Blandy promovem concelho

Mais turismo para o concelho é o objectivo da parceria.
O protocolo pretende mais mercado turístico A esbater a sazonalidade

Está dado mais um passo no sentido de "promover e atrair mais turistas" ao concelho do Porto Moniz. A medida visa igualmente "combater a sazonalidade" no sector turístico da localidade nortenha que vive tempos francamente difíceis. Por isso foi criado um pacote turístico específico. A venda deste produto tem a participação directa da Agência Viagens Blandy que encarregar-se-á de "vender o destino ainda dentro dos cruzeiros", conforme deu conta o autarca porto-monizense.

A esperança de uma melhor oportunidade de negócio para os comerciantes do município, acordo com o presidente da edilidade está consubstanciada num "protocolo estabelecido entre a operadora e a autarquia no sentido potenciarmos o nosso destino e dinamizarmos a economia com a entrada de mais turistas, particularmente que possam frequentar o sector da restauração e o comércio de artesanato", manifestou, Valter Correia, ciente que "a parceria poderá vir dar frutos a curto prazo".

"Temos a noção que este ano as coisas poderão não ser ainda tão positivas quanto poderá ser nos próximos. É essa a nossa expectativa", sobretudo, acrescentou, "achamos que a costa norte, especialmente o concelho do Porto Moniz é um destino muito apetecível para quem chega à Madeira", expressou convicto dando a conhecer as vantagens da iniciativa.

Trata-se de uma oferta que englobará a venda de quatro pontos num só 'package'. "Sabemos pelo histórico turístico quais os lugares mais frequentados. Justamente, por isso, acreditamos, que a junção de quatro locais - Piscinas Naturais, Centro de Ciência, Teleférico das Achadas da Cruz e ainda o Aquário da Madeira - serão atracções que agradarão de sobremaneira o turista. Mais a mais, o preço de cinco euros é francamente apelativo", frisou.

De resto, confessou que o circuito está delineado para avançar já no próximo mês de Março com saídas do Pontinha, passagem pela Encumeada, Fanal, Ribeira da Janela e chegada à vila do Porto Moniz.

Uma estada de apenas quatro horas, mas com premissa de chegar à localidade entre as 10h30 e as 11 horas. "A ideia é que desfrutem das paisagens e se possível aproveitando para almoçar e comprar algumas recordações típicas da Madeira".

Valter Correia refere que um "segmento de mercado importantíssimo como é o caso dos turistas de cruzeiros não pode ser desaproveitado", defendeu o social-democrata, dando a conhecer a parceria que entra em execução dentro de dias.

+A A -A