Antigos Alunos da APEL organizam Jornadas do Turismo

A Associação dos Antigos Alunos da Escola da APEL (AAAEA) irá organizar as Jornadas do Turismo, um evento dedicado à discussão dos assuntos que hoje afectam de forma mais significativa a indústria turística da Região. A iniciativa, que tem lugar no dia 24 de Janeiro, das 10 às 12 horas, é organizada em parceria com a Escola Profissional do Atlântico, que é também a anfitriã das Jornadas.

As Jornadas do Turismo terão como convidados André Barreto, director da Quintinha de São João, Gonçalo Nuno dos Santos, assessor da Secretaria Regional do Turismo, e Vasco Braz, administrador da empresa ‘Greenstorm’, dedicada ao ramo do alojamento local e das actividades marítimo-turísticas. Além da participação destes três oradores, as Jornadas do Turismo contarão com a presença e participação de alunos e docentes da área do Turismo da Escola Profissional do Atlântico, da Escola Secundária Ângelo Augusto da Silva e do ISAL.

"No geral, as Jornadas do Turismo visam criar um contexto que seja conducente à troca de experiências entre os participantes e os palestrantes convidados, possibilitando, assim, um diálogo aberto, familiar e sincero entre quem já está profissionalmente envolvido no sector do Turismo e aqueles que agora estão a considerar aquela área como uma possibilidade de carreira", refere a organização.

"Felizes pela adesão de alunos e docentes de várias instituições"

“Sentimos que o Turismo, por ser um sector fundamental para a economia e para o futuro da Região, é um que deve ser discutido de forma construtiva e tomando em conta contributos dos vários agentes do sector”, observou Francisco Gomes, presidente dos Antigos Alunos da APEL.

“Estamos confiantes que os convidados, pela sua qualidade e percurso profissional, abordarão o tema de forma inteligente e penetrante, gerando contributos e ideias que não deixarão de captivar os presentes”, acrescentou.

A participação de alunos e docentes de três instituições de ensino é, para os Antigos Alunos, uma oportunidade, mas também uma responsabilidade. “Estamos naturalmente felizes por conseguirmos reunir alunos e professores de três instituições de ensino, o que indica claramente que o tema escolhido é relevante e que a iniciativa é pertinente para a comunidade estudantil. Assumimos, por isso, a sua presença com grande responsabilidade e contamos estimulá-los para que consigam reflectir sobre o Turismo de forma cada vez mais sustentada, realista e crítica”, concluiu Francisco Gomes.       

+A A -A

Os mais...