Data do Festival Colombo criticada por operador turístico

Director da Solférias considera que não faz sentido o evento em Setembro

Nuno Mateus, director da Solférias, critica a Secretaria Regional de Cultura e Turismo no que diz respeito à calendarização anual do Festival Colombo, em Porto Santo.

Na opinião deste operador turístico, o Festival Colombo faz sentido mas fora da época alta – Julho a Setembro. Sugeriu mesmo que possa ocorrer ‘colado’ ao feriado do 5 de Outubro.

“Acho que não faz sentido nenhum (o festival Colombo) ser em Setembro quando não há camas”, apontou Nuno Mateus, depois de ter admitido que “o Porto Santo tem uma sazonalidade complicada de digerir”, ao ponto de em 2017 a Solférias ter perdido cerca de 200 lugares de avião (charter) por falta de quartos na hotelaria porto-santense.

“É algo de muito gravoso para quem investe tanto e arrisca tanto em Porto Santo”, conclui.

Reclama por isso a devida colaboração das autoridades, sob pena de num futuro próximo os operadores turísticos que vendem o destino Porto Santo tomarem “medidas a sério”, ameaçou.

 

 
 

 

+A A -A