Primera Air deixa de voar

Companhia declara bancarrota e deixa a Madeira

"Em nome da equipe da Primera Air, gostaríamos de agradecer a sua fidelidade. Neste dia triste, dizemos adeus a todos vocês". É desta que as companhias aéreas Primera Air Nordic e Primera Air Scandinavian anunciam que deixam de voar já a partir de amanhã.

Segundo relata o Newsavia o grupo aéreo terá sido bastante prejudicado pelo alto custo dos aviões no mercado internacional, e, nomeadamente, pelo atraso na entrega de aeronaves novas por parte de Airbus, um constrangimento que afeta a construtora aeronáutica europeia devido, especialmente, ao atraso na entrega de motores. Em Toulouse encontram-se dezenas de aviões que saíram das linhas de montagem e que aguardam pelos respectivos motores.

Sem investidores e sem margem de manobra, a companhia avança para a declaração oficial de bancarrota.

A Primera Air fazia diversos voos de países da Escandinávia para os aeroportos de Faro e da Madeira.

+A A -A