Grupo hoteleiro Hyatt considera ser difícil comprar NH

As ações do grupo hoteleiro espanhol NH estavam hoje ao fim da manhã a cair cerca de 6% na bolsa de Madrid, depois de se saber que o grupo norte-americano Hyatt vai ter dificuldade em concluir a OPA anunciada.

Os hóteis NH comunicaram à Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) uma carta do grupo hoteleiro Hyatt, na qual este mostra o seu interesse pela empresa espanhola, mas considera a operação difícil de se realizar por causa da Oferta Pública de Aquisição (OPA) da empresa tailandesa Minor.

Na última sexta-feira soube-se que a Hyatt tinha transmitido à NH o interesse em adquirir 100% do grupo espanhol a um preço "superior" ao oferecido pela Minor (6,4 euros por ação).

Por sua vez, a Minor informou que já tinha assegurado 100% do financiamento da sua OPA e que, depois de chegar a um acordo com fundos de investimento geridos pela Oceanwood, tinha garantido a esta última uma participação de cerca de 44% na NH.

"Com base em informações que temos agora, achamos que o caminho para uma oferta bem-sucedida da Hyatt, nos termos expressos na nossa carta [de sexta-feira], foi reduzido até ao ponto de ser impraticável", afirma a Hyatt numa missiva enviada à NH no domingo e revelada hoje.

A empresa norte-americana defende que a oferta da Minor não reflete o valor total da NH e sublinha que continua muito interessada na possibilidade de trabalhar com a NH em "circunstâncias adequadas".

 

 

+A A -A