Quem é Antonoaldo Neves, o novo líder da TAP?

Antonoaldo Neves, até agora administrador responsável pela área comercial da TAP, foi ontem escolhido como novo 'homem-forte' da transportadora aérea portuguesa, na assembleia-geral de acionistas, que decorreu em Lisboa.

Segundo dados biográficos disponibilizados pela TAP, o sucessor de Fernando Pinto na presidência executiva da companhia conta com mais de 25 anos de experiência como "gestor de perfil internacional".

Enquanto 'Chief Commercial Officer', Antonoaldo Neves, de dupla nacionalidade (brasileira e portuguesa) e licenciado em Engenharia Civil, integrava a Comissão Executiva da companhia, e participou no processo de privatização da TAP.

Antes de se mudar de São Paulo para Portugal, foi presidente executivo da Azul Linhas Aéreas, onde participou no processo de fusão com a Trip, em 2012, em conjunto com David Neeleman, acionista da TAP, através do consórcio Atlantic Gateway. 

Ainda na Azul, envolveu-se na entrada da companhia nas Bolsas de Nova Iorque e de São Paulo, bem como na expansão internacional da Azul.

Antonoaldo Neves integrou a equipa da consultora McKinsey, onde desenvolveu diversos projetos de aviação e de infraestruturas no setor privado na América Latina, tendo ainda sido membro do Conselho de Administração da Infraero, a empresa brasileira de aeroportos, ficando responsável pelo planeamento do setor aéreo brasileiro entre 2011 e 2012.

Foi também diretor executivo da construtora brasileira Cyrela, entre 2010 e 2012, e começou a carreira na Odebrecht, como Engenheiro de Montagem de Obras Eletromecânicas.

É licenciado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, possui um MBA pela Darden School of Business da Universidade de Virgínia (EUA) e um mestrado em Finanças Corporativas pela PUC do Rio de Janeiro.

Antonoaldo Neves nasceu em 05 de março de 1975 em Salvador, sendo o seu avô de Oliveira de Azeméis. 

Casado, tem três filhos e escolheu Cascais para viver com a família, tendo como passatempos futebol, corrida e ciclismo ao ar livre.

Em declarações disponibilizadas à agência Lusa, Sérgio Rial, presidente executivo do Santander Brasil e membro do Conselho de Administração da Delta Airlines nos Estados Unidos comentou que o novo CEO "leva consigo uma vasta experiência analítica e operacional", além de "primar pela transparência com integridade intelectual, trazendo sempre argumentos equilibrados e disposto a ser um ouvinte não só atento mas propenso a mudar".

Já Nicola Calicchio, sócio gerente da McKinsey para a América Latina, garantiu que o novo líder da TAP tem "uma combinação rara de habilidades analíticas para identificar os principais problemas e oportunidades em uma companhia com uma inteligência interpessoal para se relacionar e motivar pessoas criando um 'time' (equipa) de alto desempenho". 

O presidente executivo do Grupo Ultra e ex-CEO da Embraer, Fred Curado, caracterizou Antonoaldo Neves como uma "grande revelação dentro das novas lideranças na aviação mundial" e depois de ter realizado um "trabalho competente e inovador na Azul, certamente levará a TAP a novos patamares de excelência e competitividade".

Fernando Pinto anunciou há 20 dias que iria deixar a presidência executiva da TAP, ao fim de 17 anos, numa carta dirigida aos funcionários da transportadora nacional.

Na mesma missiva, Fernando Pinto informou que permanecerá na companhia aérea portuguesa como assessor "nos próximos dois anos".

A TAP é detida em 50% pelo Estado, através da Parpública, em 45% pelo consórcio da Atlantic Gateway (Humberto Pedrosa e David Neeleman) e em 5% pelos trabalhadores.

 

+A A -A