Tecnologia deve servir o Turismo e criar valor

2.º dia do congresso da APAVT abre com abordagem à transformação ditada pelo digital

As oportunidades e os riscos que as tecnologias ditam marcaram o arranque do segundo dia do 43.º Congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT)  que este ano se realiza em Macau. Com uma certeza: "A tecnologia está a mudar o sector, com parte do seu valor a ser dominado por máquinas e por empresas que nem  estão no sector", referiu Paulo Amaral, professor universitário que foi orador no primeiro painel e que entre outras considerações revelou que "a Uber e a Airbnb estão condenadas a desaparecer”,

Depois de um dia dedicado aos discursos oficiais e ao workshop de negócios Portugal-China que promoveu o encontro entre o incoming português e o outgoing chinês, o segundo dia abriu com o painel “Turismo – A transformação digital no caminho das oportunidades”, que  abordou o e-Commerce, Big Data, IoT, Web 2.0 e Web 3.0 e Mobilidade. Foi uma sessão de trabalho para ajudar à percepção de terminologias e, acima de tudo, “para saber até que ponto a transformação digital constitui uma necessidade estratégica para as nossas empresas”.

Paulo Amaral deixa claro que as plataformas são incontornáveis. Contudo levanta a questão: "Mas substituem-nos ou complementam-nos? Criam valor e rentabilidade ou levam-nos o dinheiro?".

Hoje ainda há tempo para o painel “O papel do Turismo na reinvenção do crescimento económico em Portugal” que terá como orador o ex-ministro e consultor Augusto Mateus.

O dia fecha com dois painéis. “Losing sight of Shore” é o tema do primeiro recordista Mundial da travessia do Pacífico , Natalia Cohen, a garantir que “todos temos os nossos Oceanos para atravessar”. Uma sessão inspiradora “a procurar mais, fazer mais e ser mais”. O segundo abordará “O valor económico da Distribuição Turística em Portugal”,  tem a participação da economista Sandra Primitivo e destina-se a mostrar o sector das Agências de Viagens, a sua dimensão e o valor acrescentado à Economia Portuguesa, com base num inédito estudo da AMA – Augusto Mateus & Associados / Ernst & Young.

O evento que tem como tema “Turismo: A Oriente, tudo de novo” decorre entre 23 e 27 de Novembro  e mobiliza 700 congressistas. Números que animam a APAVT. Trata-se de “uma representatividade de agências de viagens que ultrapassa os resultados dos últimos 20 anos”.

+A A -A