Michelin quer apresentar guia em Lisboa, mas falta "compromisso local forte"

Um representante da Michelin ibérica reiterou o interesse em realizar uma das cerimónias anuais de anúncio dos restaurantes galardoados em Lisboa, mas afirmou que falta "um compromisso institucional local suficientemente potente".

Lisboa e Tenerife eram os dois locais possíveis para a realização do lançamento do guia ibérico de 2018, mas a escolha da Michelin acabou por recair sobre a ilha espanhola. A cerimónia decorreu na quarta-feira à noite.

Na última década, a Michelin tem vindo a realizar galas, geralmente em novembro, para anunciar os galardoados na edição do guia do ano seguinte, mas, até agora, estas têm decorrido sempre em cidades espanholas, como Madrid, Barcelona, Girona, Santiago de Compostela ou Marbella.

O Governo português já manifestou a intenção de atrair este evento para Portugal.

"Lisboa é uma candidatura de primeiro nível. Temos muita vontade de realizar a gala em Lisboa", disse à Lusa Ángel Pardo, diretor de comunicação da Michelin Espanha e Portugal.

A cerimónia tem habitualmente cerca de 500 convidados - a esmagadora maioria espanhóis -, entre chefs, empresários e imprensa dos dois países, e alguns restaurantes da região apresentam as suas sugestões gastronómicas.

"Quando se organiza a gala, procuramos um compromisso institucional local suficientemente potente para nos dar segurança. Este ano foi mais Tenerife", afirmou.

A capital portuguesa, comentou o responsável, "tem infraestruturas de sobra" - hotéis para albergar as centenas de visitantes, além de espaços para acolher o evento, nomeadamente o recém-recuperado Pavilhão Carlos Lopes.

Além disso, "a nível gastronómico, há muito nível e muita gente", destacou.

Portugal ganhou mais dois restaurantes (Vista e Gusto by Heinz Beck, ambos no Algarve) com uma estrela Michelin (‘muito bom na sua categoria, compensa parar') na edição do próximo ano.

O país passa a contar com 18 restaurantes com uma estrela e mantém os cinco restaurantes com duas estrelas (‘cozinha excelente, vale a pena o desvio') do Guia Michelin.

Espanha tem um total de 195 restaurantes galardoados: 11 com três estrelas (dois novos nesta edição), 25 com duas estrelas (cinco novos em 2018) e 159 com uma estrela (17 novos).

Os restaurantes madeirenses William, no Reid's (1 estrela), e Il Gallo d'Oro, no Cliff Bay (2 estrelas), mativeram as distinções que tinnham alcançado.

+A A -A