Reid's fecha este ano com jantar requintado

Menu com seis pratos custa 305 euros
Foto: Arquivo

O Reid's Palace Hotel vai ter casa cheia nos últimos dias do ano, mas ainda tem lugares para quem quiser apreciar o menu requintado da noite de 31 de Dezembro.

O jantar  já degustado pelo DIÁRIO  é composto por seis pratos e combina a nobreza de alguns produtos com a elegância da apresentação, o esplendor dos vinhos portugueses e o toque regional garantido pelo Chefe Luis Pestana.

A qualidade posta à mesa tem como entrada um 'levagante azul sobre salada mediterrânica com tomate cereja e rúcula, molho verde'. Segue-se uma combinação arrojada, um creme de aipo com 'foie gras' de pato e Malvasia reduzido.

A meio do sumptuoso repasto surge 'pregado salteado com tomilho e limão, flan de batata e tagliatelli de curgette'. Um sorvete de pitanga com bolo de mel assegura a transição pacífica do peixe para a carne, o 'filete de novilho assado com trufas du Périgord'. 'Mousse de chocolate negro e cremoso de champanhe, biscoito de pistácio e molho de framboesa' é a sobremesa proposta.

O menu especial para a passagem de ano pode ser apreciado demoradamente no restaurante principal do hotel e no 'Les Faunes', custa 305 euros e tem bebidas incluídas. No 'Villa Cipriani', o menu, também com seis pratos, terá outras nuances e custa 185 euros, mas sem bebidas incluídas.

Na noite mais divertida do ano há ainda a opção de sentir o ano novo meia hora depois de ver o fogo. Por 35 euros, tem direito a um copo de champanhe. E se for resistente, depois da 1h30 é compensado com uma canja e sandes de galinha.

Em todo os espaços, o hotel está preparado para garantir animação a condizer, e que nos últimos anos tem levado madeirenses ao Reid´s Palace. Aliás, o mercado regional tem ganho um peso cada vez maior, principalmente na noite do dia 30. E como a festa começa de véspera, nessa noite há o  'Champanhe Gala Buffet', pelo valor de 98,5 euros, com a garantia de música ao vivo a embalar os que deverão encher a famosa sala 'The Dinning Room'.

Quem optar pelo requinte do Reid's terá oportunidade de despedir-se de Ulisses Marreiros que, após quatro anos de direcção, vai desempenhar funções em Espanha. Parte em Janeiro para Maiorca, onde vai dirigir 'La Residencia', unidade da Orient Express localizada na costa noroeste da região, um local de sonho no Mediterrâneo e que atrai escritores e artistas.

 

+A A -A