Book Tours, Activities, Experiences and Things to do in Madeira and Porto Santo islands

Três 'óscares' para o turismo português

TAP, Conrad Algarve e Vila Joya foram distinguidos
Foto: Arquivo
O hotel Choupana Hills esteve entre os nomeados

Portugal conquistou três World Travel Awards na gala dos "óscares" do turismo mundial, para os quais havia 15 nomeações lusas.

A cerimónia decorreu em Nova Deli, Índia, e distinguiu a TAP como melhor companhia aérea de ligações para a América do Sul, o Conrad Algarve como o melhor novo resort e o também algarvio Vila Joya o melhor resort boutique do mundo.

Choupana Hills esteve na luta

Portugal turístico estava nomeado para outras categorias dos World Travel Awards, com destaque para o madeirense Choupana Hills. O hotel lutava pelo galardão entre os boutique resort insulares, que seria ganho pelo Taveuni Palms, das Fiji.

A TAP, além de melhor companhia para voar de e para a América do Sul, também concorria entre os melhores nas ligações europeias, competição que perdeu para a Lufthansa.

O Algarve estava indicado para melhor destino de praia, título que conquistou na gala europeia, mas viu-se ultrapassado pelas Ilhas Turcas e Caicos. Lisboa disputava os títulos de melhores destino, destino de cruzeiros e porto de cruzeiros, vitórias que foram festejada respectivamente pela Índia, Peru e Dubai.

O também algarvio Martinhal Beach Resort foi candidato a melhor villa resort, embora vencido pelo Round Hill Hotel & Villas (Jamaica), enquanto o Longevity Wellness, situado em Monchique, queria o título de melhor hotel de bem-estar, que seria ganho pelo Grand Hotel Lienz, na Áustria.

A melhor empresa de conservação foi a sul-africana Shamwari Game Reserve, deixando para trás a estreante Parques de Sintra - Monte da Lua. Já entre os prémios tecnológicos falharam a TAP, nomeada para melhor site de companhia aérea (venceu a Emirates), e o VisitPortugal, entre os melhores sites de um turismo oficial (o prémio foi para a Australia.com).

Ilustres repetentes

Tanto a TAP como o Vila Jóia são repetentes neste reconhecimento nos WTA, prémios que foram estabelecidos há 19 anos e desde logo considerados como 'os Óscares do Turismo'.

Em 2011 a TAP tinha sido reconhecida como companhia aérea líder mundial para a América do Sul e também para África, categoria que desapareceu em 2012. Este foi o quinto ano consecutivo que a TAP recebe o prémio. Também o resort de luxo no Algarve, o Vila Jóia ganha desde 2006 na categoria Boutique Resort. O Conrad Algarve, membro do universo Hilton, abriu em Setembro e foi o melhor resort a inaugurar este ano. O cinco estrelas algarvio era ainda candidato a melhor novo hotel de luxo mas perdeu o prémio para o Angel's Peninsula, da Turquia.

Apesar do escasso pecúlio na gala mundial, Portugal havia conquistado seis prémios na gala europeia, onde disputou 26 categorias.

O Algarve foi considerado o Europe's Leading Beach Destination, Portugal conquistou o prémio de Europe's Leading Golf Destination, o Dunas Douradas Beach Club foi eleito Europe's Leading Villa & Apartment Residences, o Martinhal Beach Resort & Hotel recebeu o prémio de Europe's Leading Villa Resort, e o Vila Joya e o Conrad Algarve, além de conquistarem os World Travel Awards nas suas respectivas categorias, também conquistaram os homónimos para a Europa.

EasyJet é a melhor low cost

Os World Travel Awards distribuíram 164 prémios (ver destaque) só nas categorias World's Leading e entre os vencedores está a Etihad Airways, que recebeu os prémios de World's Leading Airline, de melhor Primeira Classe e de Excelência de Serviço. A Oneworld recebeu o prémio de Melhor Aliança aérea enquanto a Lufthansa foi galardoada com os galardões para melhor classe turística e para a melhor companhia para a Europa e a Singapore recebeu o mesmo prémio para a classe Business. A easyJet foi considerada a melhor low-cost.

O prémio de melhor aeroporto foi para o Singapore Changi Airport e a Sandals Resorts recebeu o galardão pela melhor cadeia de All Inclusive.

A Europcar foi considerada a melhor rent-a-car e também a World's Leading Green Transport Solution Company, enquanto a Avis ganhou o World's Leading Business Car Rental Company.

A Royal Caribbean foi a World's Leading Cruise Brand e também a World's Leading Cruise Line. A Regent Seven Seas Cruises ganhou na categoria de luxo, enquanto a Norwegian Cruise Line foi a melhor companhia de cruzeiros para navios grandes.

Os WTA dividem-se por várias regiões do globo, com direito a prémios especiais que antecedem a grande gala mundial. A votação mobiliza mais de 180 mil profissionais do turismo e é feita online. O público também pode votar embora os votos dos profissionais valham o dobro.

 

+A A -A

E os vencedores são:

 

Destinos

Destino global: Índia

Destino "verde": Machu Picchu, Peru

Praia: Turcos e Caicos
Gastronómico: Peru
Mergulho: Ilhas Caimão
Atracção cultural: Cook Islands Cultural Village
Atracção turística: Taj Mahal, India
Aventura radical: Bear Grylls Survival Academy
Lua-de-mel: Maurícia
Ilhas: Maldivas
Desportos: Dubai
Romântico: Jamaica

Aviação
Companhia aérea: Etihad Airways
Companhia aérea low cost: easyJet
Aeroporto: Singapore Changi Airport, Singapura
Melhor primeira classe: Etihad Airways
Melhor classe executiva: Singapore Airlines
Melhor classe económica: Lufthansa
Alianças de cias. aéreas: Oneworld
Companhia para América do Sul: TAP Portugal

Hotelaria
Hotel: Burj Al Arab, Dubai, EAU
Hotel de luxo: The Oberoi Gurgaon, Índia
Novo hotel: The St. Regis Doha, Qatar
Novo hotel de luxo: Angel's Peninsula, Turquia
Hotel urbano: Swissotel Krasnye Holmy Moscow, Rússia
Hotel clássico: Dukes Hotel, Londres, Reino Unido
Design Hotel: Adam & Eve Hotels, Belek, Turquia
Hotel de golfe: The Address Montgomerie Dubai, EAU
Hotel "verde": Sheraton Incheon Hotel, Coreia do Sul
Hotel monumento: The Raj Palace, Índia
Hotel palácio: The Ritz-Carlton, Riad, Arábia Saudita
Hotel de esqui: The Fairmont Chateau Whistler, Canadá
Hotel spa: Mardan Spa, Mardan Palace, Antália
Hotel do gelo: Ice Hotel, Suécia
Hotel ícone: Armani Hotel Dubai, EAU
Resort: Forte Village Resort, Itália
Resort de luxo: Gili Lankanfushi, Maldivas 
Boutique Resort: Vila Joya, Portugal
Novo resort: Conrad Algarve, Portugal
Resort ícone: Atlantis The Palm, Dubai
Resort de praia: Le Royal Méridien Beach Resort & Spa, Dubai
Casino Resort: Marina Bay Sands, Singapura
Resort spa: The Regent Palms, Turcos e Caicos
Resort temático: Universal Orlando, Flórida, EUA
Resort mais romântico: Baros Maldives, Maldivas
Resort de mergulho: The Royal Savoy Sharm El Sheikh
Resort "verde": Tabacón Grand Spa Thermal Resort, Costa Rica
Eco resort & spa: Daintree Eco Lodge & Spa, Australia
Resort de golfe: Casa de Campo, Republica Dominicana
Resort lua-de-mel: Sandals Grande Antigua Resort & Spa, Antigua
Resort insular: Pullman Timi Ama, Sardenha, Itália
Cadeia de hotéis: InterContinental Hotels & Resorts
Cadeia tudo-incluído: Sandals Resorts International
Cadeia hotéis económicos: Holiday Inn Express
Rede de hotéis: Leading Hotels of the World

Cruzeiros
Destino: Jamaica
Companhia de cruzeiros: Royal Caribbean International
Companhia grandes cruzeiros: Norwegian Cruise Line
Porto: Dubai, Emirados Árabes Unidos
Companhia "verde": Star Clippers
Luxo: Regent Seven Seas Cruises
Fluviais: Viking River Cruises

Agências e operadores

Operador: Kuoni
Agência de viagens: Regency Travel & Tours, Qatar
Operador "verde": Explorandes, Peru
Operador luxo: Adventures by Disney
Expedições polares: White Desert Antarctica 

Transportes
Rent-a-car: Europcar
Rent-a-car luxo: Avis Prestige
Empresa de transportes "verde": Europcar
Comboios: Eurostar
Comboios de luxo: Maharajas' Express
Viagens em comboio: Rocky Mountaineer - GoldLeaf Service

Outros
Prémio Turismo Sustentável: National Ferries Company de Omã 
Prémio Turismo Responsável: Abu Dhabi Tourism & Culture Authority
Projecto desenvolvimento turístico: Port of Falmouth, Jamaica
Prémio Excelência de Serviço em Hospitalidade: La Cigale Hotel
Turismo oficial: Incredible India